News

Post Top Ad

Your Ad Spot

ANUNCIE AQUI A SUA EMPRESA!





https://2.bp.blogspot.com/-bsbtu1kWAWo/W-KFt8GjC4I/AAAAAAAACQU/laxCahgiOO0TN80fqhpsQn3ob58hd4riwCLcBGAs/s1600/4.jpg


segunda-feira, 17 de junho de 2019

BARRA POLÊMICA: População reage com indignação contra o prefeito nas redes sociais após negarem alvará à bloco por perseguição política, confira!

Resultado de imagem para deonisio ferreira de assis
BEEP, BEEP!!! Assim como no desenho animado, o Papa-léguas sempre foi perseguido pelo coyote e sempre se deu mal, também se deu mal o grupo dos prefeito coiote

Nos quatro cantos da cidade não se fala em outra coisa. A enrolação demasiada da prefeitura da Barra, onde o alvo principal para ser "barrado" esse ano seria o bloco Papa-léguas. Segundo os organizadores e sócios seguiram ao máximo às recomendações, as quais foram exigidas para realizar eventos na cidade, além de cogitarem taxa de imposto exorbitante que aproxima 50 mil reais (Cinquenta mil reais) para emissão de alvará. (Vale ressaltar que esse valor é cobrado apenas para esse bloco sair na vía pública)

CENTENAS DE COMENTÁRIOS NAS REDES SOCIAIS












Uma perseguição política armada desde o início a qual  resultou prejuízos alto aos organizadores. Após a polêmica na cidade, a popularidade do prefeito vai a zero, pois foliões e público em geral que aguardavam a grande inovação um super Trio Elétrico vindo da capital, causou indignação nas redes sociais e Whatsapp. Pessoas de Irecê, Buritirama, Mansidão, ibotirama e Xique-Xique compraram abadás.

O fato é que a cidade, e no atual governo em particular, um alarmante número de supostos administradores que gastam demasiada energia INVESTINDO EM MEDIDAS PUNITIVAS, ao invés de devotarem tempo e atenção para motivar, incentivar,e valorizar as culturas e seus munícipes.

Valorizam as “picuinhas”; e o pior, se cercam de pessoas (servidores da casa) fingidas e interesseiras. São os Amigos do Poder. Incorporaram o adágio popular que diz: “é melhor puxar saco do que puxar carroça”. Amam o poder e por isso valorizam quem o detém, mesmo que tenham que compactuar com injustiças e pecados.A exemplo de um assessor de comunicação que publicou nas suas redes "Botou a foto do prefeito com jumento e quer ter alvará". Ficou clara a perseguição política.
A imagem pode conter: texto e atividades ao ar livre

Post Top Ad

Your Ad Spot